loading... close

Diagnóstico

 
Diagnóstico

Capítulo: 4 - Diagnóstico

Subcapítulo: 3 - Métodos de diagnóstico

Conscientização sobre a saúde dos seios
Conhecer suas mamas e saber o que é normal para você ajudará a detectar mudanças ou anomalias, se ocorrerem. É a conscientização sobre a saúde das mamas.

O indício inicial de câncer de mama pode envolver um novo nódulo ou uma alteração na mama. Uma nova inversão do mamilo, uma área de irritação ou vermelhidão significativa, depressões ou espessamento da pele da mama e dor ou desconforto persistentes são motivos para procurar uma avaliação médica imediata.

Autoexame da mama
Um autoexame da mama é um exame das mamas para identificar alterações ou anomalias. Deve ser feito mensalmente e quaisquer alterações ou anomalias devem ser discutidas com o seu médico. Para obter mais informações sobre como fazer um autoexame da mama, visite nbcf.org.

Exame clínico da mama
Um exame clínico da mama é um exame realizado por um enfermeiro qualificado ou médico; eles verificarão se há nódulos ou outras alterações físicas na mama. O objetivo é detectar o câncer de mama nos estágios iniciais, seja avaliando os sintomas do paciente ou encontrando anomalias na mama.

Mamografia
Fazer periodicamente uma mamografia, o exame de diagnóstico padrão, é especialmente importante. Uma mamografia é um raio X; a mama é exposta a uma pequena dose de radiação ionizante, que produz uma imagem do tecido do seio.

Se a mamografia ou o exame clínico detectarem um ponto suspeito, uma investigação adicional é sempre necessária. Embora os nódulos em geral não sejam cancerosos, a única forma de ter certeza é fazer exames adicionais, como um ultrassom. Se uma massa sólida aparecer no ultrassom, o radiologista poderá recomendar uma biópsia, procedimento em que células são removidas de uma área suspeita para verificar se há presença de câncer.

Early Detection Plan®
Como a detecção precoce é tão vital, a National Breast Cancer Foundation oferece às mulheres o Early Detection Plan® (Plano de Detecção Precoce), uma ferramenta online que ajuda a lembrar que você deve agendar um autoexame da mama, um exame clínico da mama e uma mamografia. Devido às demandas da vida cotidiana, é fácil esquecer ou até temer esses exames; e é por isso que o programa existe. Você pode se inscrever para receber alertas por email, mensagens de texto e até um feed RSS. São necessários apenas 60 segundos para criar um Plano de Detecção Precoce, mas isso pode salvar a sua vida.

Ultrassom e ressonância magnética
Como já mencionamos, quando um ponto suspeito é detectado em sua mama, o médico poderá solicitar um ultrassom do tecido do seio. Um ultrassom é um exame que usa ondas sonoras para formar uma imagem do que está ocorrendo dentro do seu corpo. O ultrassom é útil quando um nódulo é sentido facilmente e pode ser usado para avaliar adicionalmente quaisquer anomalias encontradas em uma mamografia.

Cada exame fornecerá uma perspectiva diferente. Quando os seus exames iniciais não são conclusivos, seu médico poderá recomendar uma ressonância magnética para avaliar a extensão da doença. Uma IRM (imagem de ressonância magnética) é um exame do corpo que usa energia magnética e ondas de rádio, em vez de radiação, para ver órgãos e tecidos no corpo.

Perguntas Relacionadas

  • anonimamente Profile

    Quando devo fazer uma mamografia?

    Perguntado por anonimamente

    Aprendendo sobre o câncer de mama
    mais de 8 anos 1 resposta
    • Laura Gaspard Profile
      anonimamente
      Aprendendo sobre o câncer de mama

      Você deve fazer uma mamografia de referência aos 40 anos (a não ser que tenha um histórico familiar de câncer de mama - neste caso, converse com o seu médico sobre quando deve fazer sua mamografia de referência). Após a sua mamografia de referência, você deve fazer uma mamografia a cada um ou...

      mais

      Você deve fazer uma mamografia de referência aos 40 anos (a não ser que tenha um histórico familiar de câncer de mama - neste caso, converse com o seu médico sobre quando deve fazer sua mamografia de referência). Após a sua mamografia de referência, você deve fazer uma mamografia a cada um ou dois anos, dependendo de descobertas anteriores.

      Comentário

Educational Video

Personal Story

Related Topics

Looking for another topic?
Use the search box in the top right.

Footer 3

O câncer de mama afeta uma em cada oito mulheres durante suas vidas.

spread the word